Buscar
  • IDS

O tempo e as consequências do abuso sexual infantil


O abuso sexual na infância pode afetar um indivíduo até a idade adulta em uma infinidade de maneiras. Não importa se o abuso envolve contato direto ou indireto, como atividades não físicas. Embora o tratamento do trauma sexual com psicoterapia seja um método usado ​​para mitigar os efeitos a longo prazo, os sobreviventes provavelmente experimentarão complicações físicas, psicológicas, comportamentais e sociais se o tratamento não for procurado ou for considerado caro demais. Mesmo aqueles que recebem tratamento podem sofrer algumas das consequências a longo prazo.

Para entender como o abuso sexual na infância afeta a vítima ao longo do tempo, é crucial reconhecer que muitas vezes há um ciclo pelo qual os sobreviventes passam repetidamente. Sobreviventes que estão procurando se recuperar querem encontrar maneiras de quebrar o ciclo.

Abuso Sexual e Desenvolvimento do Cérebro

Assim como os maus tratos físico e psicológico, o abuso sexual, tem sérios efeitos no desenvolvimento inicial do cérebro. O cérebro de um bebê, cria, descarta e fortalece sinapses e vias neuronais em resposta à estimulação que recebe. Se a estimulação estiver faltando ou se houver maus-tratos, o cérebro se adaptará a um ambiente negativo com a mesma facilidade com que se adaptaria a um ambiente positivo.

Quando uma criança experimenta o estresse do abuso físico, seu corpo entra no modo de sobrevivência e trabalha na resposta a possíveis ameaças. O cérebro, que controla todas as funções corporais, será influenciado negativamente quando um bebê ou criança é colocado em um ambiente extremamente estressante. Como resultado, a resposta do corpo ao estresse poderia ser prejudicada e eles poderiam experimentar secreções anormais de cortisol – hormônio do estresse.

Nos primeiros anos de vida, o abuso sexual pode retardar ou interromper o crescimento do hemisfério esquerdo do cérebro, o que pode colocar a vítima em maior risco de depressão. Um crescimento menor no hipocampo pode resultar em distúrbios dissociativos ou prejuízos à memória. Em alguns casos, também pode haver uma conexão prejudicada entre os dois hemisférios cerebrais, que tem sido associada ao transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH).

Efeitos Físicos e Psicológicos do Abuso Sexual na Infância

O abuso sexual na infância está associado a uma variedade de sinais e sintomas físicos e psicológicos à medida que a pessoa envelhece. Fisicamente, os sobreviventes são mais propensos a adoecer com mais frequência. Há um risco aumentado de várias condições e doenças, alguns dos mais comuns incluem doença cardíaca isquêmica, câncer, doença pulmonar crônica, síndrome do intestino irritável e fibromialgia. Doença cardíaca, osteoartrite, dor crônica e dores de cabeça frequentes também são possíveis.

Os efeitos psicológicos podem ser difíceis de resolver. Uma criança abusada sexualmente pode ter autonomia e capacidade prejudicadas, problemas de memória, transtorno de estresse pós-traumático e autocensura. À medida que a pessoa envelhece, esses efeitos podem piorar e também podem experimentar ansiedade, depressão, dissociação, distúrbios alimentares e dificuldades sexuais.

Resultados Comportamentais e Interpessoais do Trauma na Infância

Além dos efeitos físicos e mentais, também é provável que um sobrevivente de abuso sexual na infância tenha efeitos comportamentais e interpessoais. É provável que haja abuso de álcool e drogas. Além disso, há uma chance maior de participar de comportamentos de risco, e as vítimas podem ter dificuldade em se adaptar às mudanças ou a novas situações.

Uma vítima de abuso sexual na infância também pode ter dificuldades com relacionamentos interpessoais. Estes aumentam o risco de instabilidade nos relacionamentos, mais parceiros sexuais e maior negatividade em relação aos parceiros. Para as mulheres que foram abusadas sexualmente quando crianças, problemas emocionais e de autoestima podem surgir.

Recuperar-se de abuso sexual na infância é geralmente um caminho longo e difícil. Com os recursos adequados, no entanto, os sobreviventes podem levar uma vida normal.

#consequênciasdoabusosexual

0 visualização

ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

PATROCINADORES:
SIGA:
  • Instituto Desenhando Sorrisos
  • Instituto Desenhando Sorrisos

©2015 Produzido por IDS Design.