Buscar
  • IDS

Aliciamento na web: Saiba como prevenir


Forneço a melhor educação, princípios e valores, converso e explico sobre tudo aos os meus filhos, então, porque coisas desse tipo ainda acontecem??

Acredito que isto e muito mais passou pela cabeça dos pais que tiveram os filhos aliciados por meio da internet, conforme o vídeo acima. Infelizmente, não existe uma única resposta ou algo que possamos fazer diferente, como "uma receita de bolo". O que sabemos é que crianças e adolescentes precisam de nossa proteção.

Por sua peculiar condição de desenvolvimento, crianças e jovens não possuem experiência suficiente sobre o mundo e os perigos existentes, são ingênuas e por isso tendem a acreditar em demasia nas pessoas. A noção de perigo ainda não está completa e isso os tornam vulneráveis à ação de pedófilos e abusadores.

O aliciamento por meio da web é considerado uma das maiores preocupações atuais, pois cada vez mais, a internet vem sendo utilizada como meio de comunicação. Para proteger os filhos, os pais, obrigatoriamente, precisam de maior conhecimento sobre as práticas dos pedófilos no meio digital. Pais mais informados possuem filhos mais alertas, entretanto, outras formas de prevenção são consideradas fundamentais como:

  • monitorar o computador utilizando filtros de pesquisa que bloqueiam sites com linguagem inapropriada;

  • monitorar conversas em salas de bate papo e em redes sociais;

  • vetar a utilização pelos filhos em perfis de redes sociais de, imagens pessoais e descrição da vida social, pessoal e de lugares que costumam frequentar.

Para evitar o aliciamento virtual, os pais precisam ter acesso a informações e assim tomar decisões adequadas para garantir a proteção de seus filhos. Pedófilos possuem um comportamento comum de aliciamento e, portanto, sabendo as maneiras de como ele atua faz com que esse cuidado seja mais eficaz. Assim, vou mostrar para vocês que o aliciamento do abusador na web envolve necessariamente algumas etapas:

1. Ele disfarça o seu perfil nas redes sociais e salas de bate papo com imagem, linguagem e preferências de acordo com a idade que ele quer se apresentar para a vítima.

2. Inicia a conversa com a vítima escolhida informando detalhes pessoais (falsos) e com isso vai ganhando a sua confiança e amizade.

3. Após o estabelecimento da confiança, fingindo ser o amigo mais fiel, ele manipula os sentimentos e muitas vezes, coloca a vítima contra os seus pais. Esse processo é uma preparação para o passo seguinte.

4. A intimidade da vítima é o próximo investimento do predador virtual. Ele inicia com conversas inocentes e perguntas de como foi o primeiro beijo dela, por exemplo, até o ponto de enviar pornografias para que ela se sinta mais à vontade. Dessa forma ele vai preparando o ambiente para o encontro sexual. Após o encontro com a vítima, ele pode continuar o contato com ela, em segredo, ou nunca mais aparecer.

Enfim, não basta, apenas, conversar sobre os perigos existentes, os pais precisam conhecer as maneiras de aliciamento, monitorar o uso de computadores e outros meios de acesso à internet e, mais que tudo, dizer aos filhos, que os ama e que faz isso pela sua segurança e proteção.

#aliciamento #exploraçãosexualinfantil #abusosexualinfantil #proteçãodainfância #cuidadosnasredessociais

0 visualização

ASSINE NOSSA NEWSLETTER:

PATROCINADORES:
SIGA:
  • Instituto Desenhando Sorrisos
  • Instituto Desenhando Sorrisos

©2015 Produzido por IDS Design.